sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Jantares de Natal


Inscrições para o Jantar de Natal no trabalho. Ainda estamos em Novembro! A verdade é que estes dias vão passar a correr. Daqui a pouco é mesmo dia de Natal.

Uma época muito, muito difícil, a época pré-natalícia... Se não estou enganada, o ano passado tive uns dez jantares de Natal. Assim fica difícil!! Espero que este ano haja outros tantos, ou quem sabe mais um ou dois...

Não me interessa minimamente a quantidade de calorias que vou consumir. Afinal, estamos no Inverno e há que recarregar baterias. Principalmente recarregar as baterias a nível da amizade. Com a vida que temos, embrenhados no trabalho e nos problemas do dia-a-dia, nem sempre conseguimos estar com quem gostamos as vezes que queríamos. Rever pessoas que passaram pela nossa vida, nomeadamente no campo laboral, de quem gostamos, apesar de, se calhar, não lhes podermos chamar Amigos, mas que sabe tão bem ver novamente e pôr a conversa em dia.

Calorias?? Venham elas. Afinal, não basta ser magra! Também é preciso não ter celulite!!

Em Janeiro como alface o mês inteiro. Depois do dia 6, claro, porque ainda há o jantar do dia de Reis.

5 comentários:

Kika disse...

Eu já tenho o do trabalho marcado também. Este ano começo a dia 4... :)

Marquês de Sade disse...

Assim é que é!
Acima de tudo, temos que valorizar o convivio nestes jantares. E, pelo menos no que eu organizo (o da política), há sempre troca de prendinhas :)

Só falta mesmo marcar um jantar de bloggers. Havia de ser engraçado :)))))))

Bjinho

Trintão disse...

Jantares de Natal... Trazem-me nostalgia... boas e más recordações... tristeza...

bjinho

pepita chocolate disse...

10 jantares????

Minha nossa! Assim, não há pele nem balança que mantenha a agulha no mesmo sítio!

Felizmente, por aqui, é somente o da empresa e já deixa mossa. este ano também tenho o do espenhol. E espero mesmo ficar por aí!

Beijoca!

joao disse...

Mulher sofre, não? Estão sempre à procura do que não está bem.
Os jantares, desde que sejam por devoção e não por obrigação...
Abraço