sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Até era capaz de gostar da chuva


Chuva, chuva e mais chuva! E frio! Eu até era capaz de gostar desta chuva toda, se estivesse em casa, sentadinha no sofá, a comer bolachas e a beber um chocolate quente, a ouvi-la bater na janela. Seria não só bonito, mas até um pouco poético!

Como isso não é possível, sinto-me assim:



Eu sei que é preciso chuva e frio, mas nada como o bom tempo! Já não digo o Verão, mas pelo menos um céu azul!

O frio exige um maior consumo de energia para manter a temperatura corporal, o que explica a necessidade de um consumo maior de alimentos. E têm de ser alimentos com altas doses de energia, que isto não vai lá com saladinhas. O saldo final nem sempre é do nosso agrado!

Está demonstrado que nos países onde o inverno é muito rigoroso, onde os dias são curtos e as noites muito longas, são frequentes os sintomas depressivos. As alterações no organismo, relacionadas com o Inverno, reflectem-se no comportamento das pessoas: bocejam mais, dormem mais, deitam-se mais cedo  (a noite é imensa), saem menos de casa, começam a repetir as mesmas palavras umas vinte vezes por dia: que frio! que chuva! que tempo! 

Os casacos, as camisolas, as gabardinas, os cachecóis, saltam do armário e alojam-se, às camadas em cima dos nossos corpos, até quase não nos conseguirmos mexer (salvam-se as botas, de que gosto bastante). A vantagem desta roupa toda é que tapa os pneuzinhos que se ganham com os alimentos energéticos, necessários e indispensáveis para não morrermos de hipotermia.

As pessoas têm maior tendência para refugiar-se em casa e pensam duas vezes antes de enfrentar a chuva para sair, a não ser que seja mesmo necessário.

Mas não há volta a dar. Faltam pelo menos quatro meses de frio e chuva. Ia ser muita depressão!! Não pode ser. Chuva? Que venha ela! .

6 comentários:

Gemini disse...

Bom, o teu ícone de perfil ( sem "sombra" de dúvida mais elegante, eheh), e esta imagem do teu post, fazem uma parceria perfeita!

Beijinho.

pepita chocolate disse...

não fosse eu estar condenadaao Exílio, também não acharia graça nenhuma a esta chuva toda.

Mas esta semana até soube bem, ainda que por maus motivos.

Ouvir a chuva lá fora, acordar tarde, dormir à tarde, sempre acompanhada do som da chuva, tem-me sabido tão bem.

Tenho vivido vida de preguiçosa. Mas tem-me sabido tão bem; e a chuva tem sido uma boa companhia para mim!Lamento os pés frios, mas nada que umas boas meias não resolvam!

Beijoca e bom fim-de-semana! Brindemos com uma chávena de chocolate quente! ;)

Anuska disse...

O melhor é tirar o máximo partido que podemos deste tempo, muitos livros, muitos filmes, e muito boa companhia.

Marquês de Sade disse...

Mas eu até gosto... É desculpa para ver um filme ou outra coisa qq!
Começa a ser desculpa para acender a lareira...
Dá uma moleza boa!
Eu gosto!

Bjinho e bom fds ;)

Ric e Sofy disse...

Olá :)

Bem, eu até gosto da chuva. Adoro andar à chuva, apanhar chuva, e claro, depois ficar com dores de garganta. Não sei se compensa o prazer de andar à chuva tendo como contrapartida uma amigdalite, mas tenho 4 meses pra me dedicar a pensar nisso =D

Beijinhos

Sofy

eternodiadema.blogspot.com

Iúri "Zúluri Regueiro" disse...

amiga deixo um pouco de mim aqui espero que me visites..

http://zionpavillion.blogspot.com/2009/11/molhadosou-feliz.html