terça-feira, 9 de março de 2010

Porque a vida acontece



Não sei se já vos aconteceu, mas a mim já. 

Um problema, de matemática por exemplo, para resolver. Lemos aquilo mil vezes, tentamos várias soluções, fazemos e desfazemos equações, riscamos, apagamos, tornamos a fazer, tornamos a apagar, mas não encontramos a solução. Teimamos e teimamos. Ficamos ali às voltas. Voltas e mais voltas, até ficarmos zonzos. Acabamos por parar, temporariamente. Deixar aquilo de lado e ir respirar um pouco. Esquecemos, tiramos aquilo do pensamento, por mais ou menos tempo. Depois, quando menos esperamos, quando nem estavamos a pensar nele, eis que, de repente, surge a solução, em segundos, vinda do nada. Por vezes até ficamos admirados com a sua simplicidade. 

Quanto tempo perdemos com questões e problemas cuja solução não encontramos? Centramo-nos nesse problema, somos completamente absorvidos por ele. Queremos e esperamos um resultado. Quanto mais pensamos nele, maior nos parece. Aumenta a sensação de impotência e  a incapacidade para o resolver. Até porque muitas vezes nada podemos fazer para o resolver. Não naquele momento. E se calhar durante algum tempo. E isto ocupa as nossas queridas célulazinhas cinzentas até à exaustão, preocuparmo-nos com coisas acerca das quais nada podemos fazer. A não ser esperar, porque mais cedo ou mais tarde a solução acaba por aparecer. Porque a vida acontece. 

28 comentários:

by " A Invisível " disse...

Querida Nirvana;

É engraçado, um dia ouvi uma história semelhante acerca de Marie Curie. Andava ela à mais de um mês para acabar uma fórmula... Dia e noite nisto. Um dia, cansou-se e resolveu parar e desistir. Encheu a banheira, entrou lá dentro e a fechou os olhos e relaxou. A solução como milagrosamente, apareceu na sua cabeça, logo de seguida.

Beijinhos* querida Amiga*

Girl in the Clouds disse...

Por vezes temos que nos afastar e olhar para o problema de outa perspectiva, para encontrar a solução.

L'Enfant Terrible disse...

Ou então não! Simplesmente esquecemos a coisa até um dia...

Ric e Sofy disse...

Olá :)

Depois de uma ausência "forçada", aqui estou para mandar um beijinho ao meu blogue preferido ;)! *


O meu blogue esteve com um vírus, que não deixava ler as mensagens, e agora que o problema já está resolvido convido-te a passar para dar uma vista de olhos ;)

Beijinhos

Sofy

eternodiadema.blogspot.com

*C*inderela disse...

Às vezes não vale a pena batalhar no problema ... mais cedo ou mais tarde a solução irá aparecer diante dos nossos olhos. Só temos saber quando devemos afastar-nos!

Bjokas*

siceramente disse...

Há problemas que são resolvidos ao contrário, a começar pelo fim.
Há que ter em atenção todas as variáveis.

Lana disse...

eu tenho um problema que tenho que resolver e nao sei como. espero que a vida tb aconteça por aqui. =)

Bloguótico disse...

Então o segredo é esse?!! Ok... sendo assim, amanhã vou aguardar que as soluções para os meus problemas surjam, do nada! :D

(Brincadeira à parte, faz sentido... sim!!)

mjf disse...

Olá!
Verdade:=)
O tempo por vezes é nosso amigo!!!


Beijocas

Checa disse...

O que não tem solução, solucionado está...por vezes as respostas aos problemas não dependem uníca e exclusivamente de nós..


Beijinhos

Libelinha☆ disse...

E a vida acontece assim... Quando não esperamos as coisas acontecem... E ás vezes quando desistimos da batalha de certas situações!...

Beijinhos ;P

Lápis disse...

isso acontecia-me taaanto...
Quando era estudante, muitas vezes sonhava com a dita solução!

Hévi ! disse...

Sabe que me falta essa paciencia de esperar?!
Minha mãe me fala sobre isso todos os dias, mas realmente essa é uma virtude que eu ainda não tenho.
beijinhos!!

M. disse...

A melhor forma de lidar com um problema não é centramo-nos nele, mas sim focarmo-nos em encontrar soluções para ele.
Quando elas não surgem de imediato, ou somos criativos e tentamos encontrar alternativas de abordagem à questão ou afastamo-nos um pouco do problema para relativizar a situação e então, por vezes, a solução aparece como por magia.
:)

Nirvana disse...

Querida Invisível
Às vezes parar de pensar nas coisas clarifica-as. Eu acho.
Mas nunca vou ganhar um Nobel :)))
Beijinhos

Nirvana disse...

Girl
Talvez olhar para eles como se não fossem nossos. Geralmente somos muito bons a resolver os problemas dos outros!
Beijinhos

Nirvana disse...

L'Enfant Terrible
Até surgir a resposta, ou o problema desaparecer?
Beijinhos

Nirvana disse...

Ric e Sofy
Obrigada!!
Fico feliz de teres voltado.
E j´s lá fui :))
Beijinhos

Nirvana disse...

Cinderela
O problema é mesmo esse, é conseguirmos entender que o melhor será afastar-nos um pouco!
Beijinhos

Nirvana disse...

Siceramente
Não tinha pensado nessa possibilidade, começar pelo fim.
Geralmente faço isso com as revistas, começo a ler pelo fim!
Beijinhos

Nirvana disse...

Lana
Se não sabes como, espera e descobrirás.
O que não tem solução, solucionado está! Mais cedo ou mais tarde descobres a resposta!
Beijinhos

Nirvana disse...

Bloguótico
Não é para todos, todos os problemas! Mas imagina que começavam a chover chaves!! Hã??
Beijinhos :)))

Nirvana disse...

Mjf
Eu acho que o tempo muitas vezes é nosso amigo. Para amadurecer o que é para amadurecer, arrefecer o que é para arrefcer. Só não precisava passar tão depressa!
Beijinhos

Nirvana disse...

Querida Checa
Quantas vezes, quantas vezes isso acontece. E nós pensamos e repensamos, inventamos respostas e soluções que não estão nas nossas mãos.
Beijinhos

Nirvana disse...

Libelinha
Por vezes, temos de deixar a vida acontecer!
Beijinhos

Nirvana disse...

Lápis
É verdade, não é? A mim já me aconteceu. Assim como em problemas relacionados com o dia a dia.
Beijinhos

Nirvana disse...

Hévi
Ninguém gosta de esperar, mas por vezes é a melhor solução.
Beijinhos

Nirvana disse...

Olá M.
Aí estão as soluções possíveis, de forma lógica e clara!!
Beijinhos e obrigada