quinta-feira, 6 de maio de 2010

Conversas Prozac


- Vais-me dar uma prenda se tiver boas notas nas provas de aferição?
- Não, P. Já sabes que não te dou prendas por causa das notas.
- A mãe do G. disse que lhe dava uma prenda. A do R. também. E do GP, do GG,...
- Mas a mãe já te explicou que tirares boas notas é bom para ti. Não é para teres um prémio.
- Está bem, mamã, já sei - pequena pausamas como eu já sei isso, podias dar-me uma prenda.

Acho que um pouco como todas as mães, por vezes sou assaltada por dúvidas  sobre se estarei a dar a educação mais correcta ao meu filho. Se não sou demasiado rigorosa, se não devia ser mais tolerante. Apesar de lhe dar muito mimo, muito carinho, brincar muito, há coisas em que sou intransigente. Dou-lhe prendas, muitas vezes sem motivo nenhum. Dar prendas porque passou de ano ou porque teve boas notas nunca dei.  Um grande abraço e muitos parabéns, sim. Quero que ele aprenda a fazer as coisas por ele e não com o objectivo de ter um prémio. Ele ainda é pequeno, mas acho que pode ir interiorizando. Fazermos as coisas por nós, porque temos capacidades e as aproveitamos, traz automaticamente uma sensação de bem-estar. Fazer as coisas com o objectivo de obter um prémio vai fazer essa satisfação estar dependente de outrem. É o primeiro passo para valorizarmos as coisas apenas quando nos trazem uma vantagem material. O primeiro passo para passarmos a vida a procurar caminhos errados. 

O problema é que os outros têm, e ele não. Na idade dele, ser como o outro é o objectivo principal. Lembro-me perfeitamentede um episódio da minha infância, quando andava na 2º classe. Houve uma invasão de piolhos lá na escola. Eu andava triste, triste a sério, porque todos os meninos tinham piolhos e eu não. Até que um dia - oh felicidade!!- lá vieram alguns parar à minha cabeça! Um sorriso de orelha a orelha, até começar a ficar com comichão e a minha mãe lhes ter tratado da saúde. Nunca esqueci o efeito daquele bendito produto que se aplicava na cabeça!!! E nunca mais quis nada sem me assegurar que valia a pena.

Não acho que esteja errada, mas por vezes não é fácil. Porque os outros têm. Porque a opinião dele, logicamente, é sempre orientada no sentido de obter o que quer e muitas vezes eram bem mais fácil dizer sim. 

Entretanto, ele vai exercitando a argumentação e diga-se de passagem que os seus argumentos estão cada vez melhores. Quase me convencia. Afinal, ele já sabe, e esse era o objectivo!

14 comentários:

Cris disse...

São os meus posts preferidos quando vc fala do pequeno ser. Tão inteligente!

bjus

Libelinha☆ disse...

Adoro quando falas do Prozac!...
Ora... Eu tenho um trauma acerca desses presentes, lol!... Sempre fui boa aluna (tirando depois no secundário que só pensava noutras coisas, lol) e ficava feliz quando as minhas notas eram mesmo boas!... Ora o meu irmão (que é mais novo que eu) sempre foi muito preguiçoso e só não tinha boas notas porque não queria!... Para o incentivar os meus pais começaram a oferecerem-lhe presentes...
E resultou!!!... Mas... E eu??... Eu não merecia porque já tinha boas notas não precisava de incentivo...

Claro que os meus pais lá acharam que não devia ser assim e também comecei a ser presenteada, lol...

Vê antes como um salário do trabalho que ele faz na escola, lol!...

Beijinhos ;P

Rita G. disse...

Concordo completamente contigo. Eu nunca recebi nada por ser boa aluna, ao contrário de colegas meus que recebiam dinheiro e prendas cada vez que tinham uma notinha melhor. Temos de ensinar aos filhos que ter boas notas é de certa forma uma obrigação deles e que no futuro os compensará. Bj:)

L'Enfant Terrible disse...

Estás a criar um pequeno génio na arte da persuação isso sim! Por outro lado quanto à educação acho que estás no caminho certo, porque te preocupas com isso, ao contrário de alguns pais que não se ralam!

Miguel disse...

Eu sou a favor.

Não completamente numa idade muito jovem mas a partir do 7º acho que se pode implementar qualquer coisa do género, tipo uma mesada baseada no desempenho escolar, que é, afinal, o trabalho deles.

Eu acho que hoje tudo cai do céu a todos os putos. Por isso não dão valor a nada.
perceberem que um bom desempenho é recompensado e um mau desempenho é penalizado é importante.

Pensando bem, se calhar até é coisa para ser implementada mais cedo pois podem chegar ao 7º e já nem estarem aí para o desempenho escolar... Não digo com dinheiro, ou só com dinheiro, mas outras pequenas coisas também.

Enfim, uma ideia.
Qualquer dia escrevo sobre isto...

Beijinho

TouroCeptico disse...

Realmente isto de educar não é fácil...é que nem sempre a mesma fórmula tem o mesmo efeito em miúdos diferentes.

Tenho um casal de adolescentes, e vejo bem reacções diferentes a medidas iguais.

Realmente educar não é uma ciencia...provavelmente um acumulado de experimentações...

Beijinhos

S. disse...

Eu não tenho filhos e não sei muito como educar um filho, mas sou filha e sei como fui educada e sei aquilo que me fez crescer e ser a pessoa que sou hoje.

Sempre fui muito boa aluna, mas nunca recebi nem uma pastilha por isso, os meus pais sempre acharam que eu não devia ser recompensada com prendas por fazer algo que era para mim, o meu pai dizia sempre "A tua prenda hoje são as notas e amanhã será o teu curso e um bom ordenado para recompensar todo o esforço".

Isso foi muito importante para mim, e acho que estás completamente certa em não oferecer prendas pelas notas.

Beijinhos enormes

Pinkk Candy disse...

acredito que seja difícil, principalmente por causa da comparação com os outros.
eu também não acho bem receber prendas pelo desempenho escolar.
mas, como já disse, se ele sofre por não receber e se todos recebem, não sei, fica muito complicado.
eu nunca recebi e sempre fui boa aluna, sabia que era a minha obrigação, ninguém tinha que mo dizer.
não é fácil querida Nirvana, não é fácil.

kiss

Mariana marciana disse...

Não há duvida que os tempos são diferentes... Como a maioria aqui, eu também nunca recebi nada, nada excepto a promessa que se não desse o meu melhor... haveriam consequencias lol
Acho importante incentivar as crianças, mas o que a maioria dos pais faz é compra-las... e quando falha o "incentivo" eles não tÊm motivação parafazer por eles
Ps- importantenão esquecer que isto é como subir na carreia...os putos tornam-se cada vez mais exigentes lol

Kika disse...

Uma prenda nunca fez mal a ninguém. É importante é que ele perceba que recebe prendas não por ter cumprido as suas obrigações, mas porque vocês gostam dele e quem se esforça é normalmente recompensado. :)

Anónimo disse...

Tens razão no que dizes mas ele, só pela capacidade de argumentação merecia uma prenda muito grande.
:)*

pepita chocolate disse...

Acho fantástica a educação que dás ao teu filho. Só prova que és uma pessoa fantástica. Com valores que muito aprecio!

Beijoca!

Canhota! disse...

Eu nunca recebi prendas pelo facto de ter boas notas ou por passar de ano!

Educar não é nada mas nada fácil, o meu filho sempre foi bom aluno, nunca me deu problemas de maior, é um menino com óptimas qualidades, não é génio(também não pretendo que o seja!) mas é inteligente...este ano no 8º ano..está simplesmente terrivel para estudar...cabeça no ar...não estuda como deveria ser, distraído...e mais grave a descer notas! Segundo dizem, e reconheço porque também já passamos todos pelo mesmo, entrada na adolescÊncia é o que é chamada "idade do armário". O que mais me custa é que todos os professores dizem o M tem imensas capacidades, podia ser muito melhor que o que é...só que não estuda!

Na situação atrás tenho a plena consciÊncia de que nem com presentes ele subiria as notas, portanto considero que "estuda tira boas notas e terás uma prenda" não funciona!

Só espero que esta fase da "parvoice" como eu lhe chamo...passe e depressa e que as notas subam também o mais depressa possível! Chumbo não vai haver...mas que ele anda assustado ai isso anda...pode ser que pense e reconsidere o que andou a fazer durante o ano inteiro!

O que fazes em relação ao teu menino, está bem estruturado...portanto continua! ah terem tudo o que eles querem só lhes faz mal...porque cada vez mais eles tem que ver que a vida não é facil...temos que lutar para conseguir os nossos objectivos!

jinhos e um excelente FIM-DE-SEMANA!

Lápis disse...

No futuro, haverá sempre coisas que os outros têm e ele não...
Farto-me de ouvir certas pessoas queixarem-se que a vida dos outros é que é fácil, enquanto isso, estão de braços cruzados a queixarem-se, em vez de fazerem por si próprios.
Eu, pessoalmente, achop que estás no bom caminho e a prova disso são, os cada vez melhores, argumentos! ;)