sábado, 10 de julho de 2010

By The Way LXXXII - La Valse


Há dias em que agradeço por respirar ser algo que pode ser feito simultaneamente com outras coisas, em que não precisamos dispôr de tempo, ou esta semana teria, seguramente, deixado de respirar. Tento não pensar que as próximas semanas não vão ser muito diferentes...

Felizmente há momentos que fazem esquecer rapidamente o cansaço e nos repõem as baterias. Almoçar numa bela esplanada, tendo como ingrediente principal uma bela conversa com uma Amiga que me faz rir, com quem posso falar tudo que me apetece, que me faz tão bem, é um desses momentos. Obrigada, Maria Invisível! Porque a Amizade é assim, é dar sem cobrar, estar lá mesmo quando não se está, mas querer estar, é ajudar a escrever  o livro da nossa vida, acompanar-nos nesta valsa, tornando-se parte dela, fazer-nos  crescer, lutar, não desistir, gostar de nós próprios, e acima de tudo, fazer-nos viver.

A música é uma constante por aqui. Depois de andar uma semana a ouvir umas "batidas" bem mexidas para não adormecer, hoje, é tempo de relaxar e aproveitar para descansar.



((: BOM FIM DE SEMANA :))

Tenho andado ausente dos meus e dos vossos blogues.  Como dizia o poeta "O que há em mim é sobretudo cansaço...Um supremíssimo cansaço, Íssimno, íssimo, íssimo, Cansaço". Pela primeira vez esta semana vou-me sentar um pouco no sofá e calculo que não demorarei muito a viajar até outra dimensão. Mas isto vai voltar ao normal, em breve... Espero!

5 comentários:

João Lopes disse...

Somos dois!
Tirei o fim de semana todo para não fazer rigorosamente nada! Quer dizer... não fazer nada relacionado com a faculdade! =)

Um bom descanso para ti...
Beijinho

S. disse...

Também ando um pouquinho off... Beijinhos enormes querida

esseantonio disse...

Na verdade, nada com uma bela Amizade, para nos fazer esquecer tudo o que nos apoquenta.

esseantonio disse...

Na verdade, nada com uma bela Amizade, para nos fazer esquecer tudo o que nos apoquenta.

by "A Invisível" disse...

Senhorita Nirvana da Reencarnação;

Momentos desses que passamos, onde a cumplicidade é uma constante, valem sempre a pena. Porque nestas "coisas" é assim; podemos ser diferentes uns dos outros, mas se houver as afinidades, todo o resto se compõe.

Obrigada a ti minha Amiga, pelos momentos maravilhosos que passamos juntas, e por ambas aproveitarmos ao máximo o lema :"viver"!

Beijinho do tamanho do mundo* E aquele abraço muito apertado*