sábado, 26 de setembro de 2009

Conversas Prozac III

Isto hoje vai bonito!!


Eu- Tens muitos deveres?
P.- Só tenho de fazer um trabalho sobre os animais em vias de extinção.
Eu- Uma composição?
P.- Sim. Tenho de escolher um e escrever sobre ele.
Eu-Vamos lá então escolher um e fazer o trabalho.
P.- Tenho de ir à internet, ao google (gu-gue-le).
Eu- Primeiro vamos ver o que sabemos. Vamos ver naqueles livros sobre animais. Depois vamos à net.
P.- Mamã, não fiques triste, tu sabes muito, mas o Google sabe mais.
Eu- (Pois, sem dúvida.... - em pensamento)
P.- Ele é um computador, sabe tudo.
Eu- (realmente, é difícil competir com o google) - em pensamento
P.- E lá posso copiar e colar, não preciso de escrever.

Sinceramente, não sei qual das duas é pior!

10 comentários:

mimanora disse...

Ai, ai.
É mesmo assim, eles já pouco querem alguma coisa com os livros
:(.

Galahad disse...

Grande vicio esse google...
Acho que tens razao quando dizes para ir 1º ver a livros. É preciso incentivar na geração do futuro a leitura.

Beijinhosss

CybeRider disse...

Já estou a treinar a frase:

"Explica-me como se eu fosse um adulto com muitos anos...", que a outra... Já era!

Beijinho Nirvana, e bom Domingo!

joao disse...

Trabalhos de casa ao fds? Ele tem toda a razão. Copy/paste, que o tempo é pouco para brincar.
Bom Domingo, Nirvana.
Um abraço

Nirvana disse...

Mimanora
Eles já nem se lembram que essa possibilidade existe! É logo para a internet porque é mais fácil.
Se calhar, sou eu que estou a ficar muito desactualizada :(
Beijinhos

Nirvana disse...

O gu-gue-le é muito útil, sem dúvida nenhuma. Tanto que me obrigou a pôr filtro de segurança no computador... um dia conto essa conversa Prozac!!!
Para alguém que é "viciada" em livros, é complicado. Claro que a internet é uma grande, enorme ajuda, mas os livros não podem ser postos de lado, acho eu.
Aqui entre nós, e mesmo correndo o risco de ser considerada desactualizada, não sei como é possível ler um livro no computador. Eu não consigo. Consultar, pesquisar, claro. Agora, ler, só mesmo com o livro na mão.

Beijinhos :)

Nirvana disse...

Cybe
Nada mais verdadeiro!!
Aquele momento em que nos tornamos "pessoas" aos olhos dos nossos filhos... já não sabemos tudo!
"Deixa-me jogar um bocadinho esse jogo"..."Eu deixo, mas acho que isto é um bocadinho avançado para ti"... E o pior, Cybe, é que tenho de lhe dizer "então explica-me lá em que botões carrego e para onde tem de ir o boneco!"
Beijinhos, Cybe

Nirvana disse...

João
Como eu disse, não sei qual é pior. Se ser substituída pelo google ou essa procura de facilidade...
Beijinhos

Gemini disse...

Eles agora já trazem "ship", Nirvana!

É preciso "ter mãos" para eles!

(Quem sai aos seus...)

Um beijinho.

Soraia Silva disse...

Porra que o puto é mesmo esperto (puto no bom sentido:))...

eles ja nascem todos ensinados, nós apenas temos que os aperfeiçoar (ou nao:P)...

Às tantas ja viu a mae a fazer o mesmo em determinados trabalhos eheheh (na brinca)

e estou com o Gemini:
"quem sai aos seus..."

beijinho :)