segunda-feira, 8 de junho de 2009

Mérito ou desmérito?

Será que a Manuela Ferreira Leite pensa que os resultados de ontem são mérito dela? Ou terá sido o "desmérito" do nosso governo o grande vencedor?
Eu voto na segunda.

Muito mau:
A abstenção nas eleições de ontem foi de 62,54%, o que equivale a dizer que quase seis milhões de portugueses não se deram ao trabalho de participar. Os votos brancos subiram para 4,63% (mais de 164 mil), enquanto os nulos chegaram aos 2% (mais de 71.000). Isto significa que apenas 31,83% dos portugueses efectivamente votaram....

6 comentários:

CybeRider disse...

E tirar outros significados...

Menos de 1/3 escolheu. Desses verificamos que os votos se podem separar em 3 fatias concorrentes... Uma maiorzita para o PSD (que concordo contigo a 100% não foi de mérito); uma menos boa para o PS e outra para as restantes forças políticas. Se os valores da democracia ainda contassem para leituras, o significado disso seria que 2/3 dos portugueses acreditam que o país se governa sózinho (mas falta analisar os dados das legislativas, que espero sejam mais participadas).

Não deixa de ser estranho que num país onde todos dão palpites se assista a este panorama, que para mim, revela um estado de ignorância que se deveria combater, como se combatem as epidemias.

Gostaria no entanto de apurar melhor o número de portugueses efectivamente recenseados e maiores de idade. Que parece ser sempre um número difícil de determinar...

Por outro lado não deixo de salientar que este lamiré é capaz de alertar os incautos para os resultados ainda bastante positivos obtidos por aqueles que pretendiam castigar, e (vou deixar esta opinião aqui preto no branco) sou levado a crer que deveremos ver um crescimento do 3º. poder (os tais "outros partidos" que não o PSD e o PS)nos próximos actos eleitorais, e um decréscimo percentual das duas forças mais votadas nestas. O que significa que houve um excesso de confiança do PS ao negar a utilidade de reunir os 3 actos numa única ida às urnas, uma vez que o aumento da abstenção gerado por essa multiplicidade teria uma leitura animadora para o partido do governo, que não se verificou nestas. Parece que quem gosta do PS são menos do que eles pensavam e muitos estão a perder o dever de militância...

Mas eu até me costumo escusar a falar de política...

Bjk

Incapaz disse...

Eu estou como tu. Decididamente a 2.ª

Intruso disse...

não, 31 por cento dos portugueses com idade para votar, ou seja maiores de 18. no total deve dar uns 20 por cento...

Nirvana disse...

CybeRider
Não sei bem se eles acham que o país se governa sozinho. Acho que eles pensam é que não têm nada a ver com isso. Só têm de reclamar depois. As pessoas andam desmotivadas, descontentes, não vêem muitas alternativas. A abstenção sempre foi um problema, mas desta vez excedeu-se. Eu acho que votar é um direito, mas também um dever.
Concordo contigo. Vai haver um aumento dos outros partidos nas legislativas. Penso que a abstenção vai ser menor. Pelo menos assim espero.

Nirvana disse...

Incapaz
Infelizmente. Se fosse por mérito, era muito bom!

Nirvana disse...

Intruso
Cada vez pior. Estas eleições passaram ao lado de muita gente... A Europa ainda fica muito longe!