sábado, 10 de outubro de 2009

Se calhar, até andava


Sou adepta do atendimento personalizado. Detesto ir a algumas lojas das grandes cadeias comerciais, com filas e filas de roupa, com roupa empilhada, empregadas com ar carrancudo e nada simpáticas, que parecem estar a fazer-nos um favor monumental em estar ali. Não gosto de andar de loja em loja à procura de coisas. Habitualmente vou às lojas onde já estou habituada a comprar, onde me conhecem, me tratam pelo nome, sabem o que eu gosto, e têm sempre umas coisitas que são a minha cara.

Hoje, mais uma vez, tive a confirmação que é realmente bom conhecerem-nos. Principalmente quando estamos urgentemente a precisar de tomar umas gotas ou qualquer coisa para o cérebro! Também pode ser um café!

Geralmente atesto o depósito do carro: menos paragens nos postos de abastecimento e menor probabilidade de ficar no meio da estrada. Costumo parar sempre no mesmo. Ao fim de algum tempo, já conhecemos alguns dos empregados, sabendo mesmo o nome de alguns.

E lá fui hoje abastecer, porque o carro já estava a ficar rouco de tanto apitar. Exagerado! Ainda tinha combustível para 20 km! "Irra que estavas mesmo com sede!". O valor a pagar era um pouco superior ao habitual mas ele também estava no casco.
"Bom dia, então, blá blá, bomba..." nunca vejo o número da bomba.... "nº 5." "Trocou de carro?" "Não, é o mesmo" "É que costuma meter gasóleo, mas hoje meteu gasolina." "Não, é gasóleo" "Gasolina, 95".... E era gasolina mesmo. Um depósito cheiinho de gasolina! E agora? Agora, toca a esvaziar. Que faço à gasolina? Ninguém tem carro a gasolina em casa? Por acaso, tem. E lá me arranjou uns garrafões de plástico para trazer a gasolina. Para não fazer mais asneiras, abasteceu ele o carro, com gasoleo. Dahhhhh! Se não fosse ele, por certo a esta hora ia ter de me conformar em andar a pé.  Se calhar o carro até andava, mas não deve ser muito boa ideia. Eu cá acho que não devia haver vários tipos de combustível.

Agora, vou só ali ligar-me um bocadinho à corrente. Até já!

6 comentários:

pepita chocolate disse...

Por acaso,nunca me aconteceu. E ao abrir o depósito, está a letras vermelhas DIESEL. Mas acredito bem, que se andar distraída me poderá acontecer o mesmo.

É bem chato isso acontecer; e muitas vezes tem de fazer-se uma lavagem ao motor do carro. Pelos vistos, o teu popó teve melhor tratamento.

E como tão tipicamente dizem os portugueses: Podia ser pior...

Beijoca e bom fim-de-semana

Nirvana disse...

Pepita,
Cabeça na lua, é o que dá! Não sei como troquei as mangueiras. Por acaso, tive alguma dificuldade em conseguir por o "gasol" lá dentro, mas pensei que o problema não era meu!
Podia ser pior, sim...
Beijinhos e descansa!

Mário Rodrigues disse...

Mas que epopeias Nirvana...

Um beijinho!

Nirvana disse...

Mário
Digamos que a frase "só a mim" faz parte do meu dia-a-dia :)
Beijinhos

mimanora disse...

Aiiii, isso anda mesmo mal.
Também com tanta mangueira à escolha.... Qualquer dia até inventam umas com cheiros diferentes;)

Soraia Silva disse...

LOL :D

cabeça na lua é o que faz :P

felizmente a mim nunca me aconteceu isso... oh, claro que nao, é que nem carro tenho (quer dizer, carro ate se arranja, a carta é que nao tenho) bbaaaahhhh :P

beijoca :)